domingo, 30 de maio de 2010

Agradeço o comentário

Seres humanos anônimos e pretensiosos acreditam ser o centro das atenções.

Criticam, esbravejam, tentando ridicularizar os demais. Procuram através de atitudes infundadas, denegrirem os seus semelhantes.

A amargura é muito difícil de ser tratada. Os erros de português são notórios a facilidade, pois o Google corrige!

Qual a lucratividade em usufruir o tempo ocioso para derramar impropérios em cima de quem não se manifesta?!

Quando as escolhas são feitas é simples. Os amigos, ou os seres queridos são catalogados, alguns como sempre continuam lado a lado, ou guardados no coração, outros por divergências de critérios seguem caminhos distintos.

Andando, caindo, chorando, erguendo-se ou rastejando ninguém vive a vida de ninguém!

Existe e sempre vão existir as diferenças de caráter e comportamento, está é a parte interessante da vida... Viver e conviver com as diferenças! Saber viver!

Qual será o sentido do desabafo doloroso, das criticas ferrenhas, do amargo das palavras... Infelizmente existe o sentimento de raiva, de rancor, de tristeza... Pois, quem é bom e vive bem não destila o desejo de ver os demais seres humanos derrotados ou humilhados.

Seres humanos anônimos devem seguir seu percurso e perceber que existem outros que estão ocupados em viver!

Opinião ou critica anônima, rs, não paga conta!

Nenhum comentário: